Arquivo da tag: victor valentim

O Ti-ti-ti da Internet (as redes sociais e a novela das sete)

Há tempos que a televisão aberta no Brasil vem perdendo audiência. Em parte em razão dos canais à cabo, que proporcionam alternativa à programação. Em parte pela internet, que fornece cada vez mais novas formas de entretenimento e comunicação.

As novelas da Globo, por exemplo, que sempre reinaram absolutas em seus respectivos horários, vêm sofrendo considerável queda de audiência. Ainda permanecem em primeiro lugar, até porque a perda é generalizada. Mas nem de longe lembram os patamares de dez anos atrás, que ultrapassavam facilmente os 50 pontos na Grande São Paulo. E uma preocupação especial da emissora carioca tem sido a novela das sete, pois as últimas obras exibidas no horário não atingiram níveis satisfatórios, mesmo considerando os números de audiência atuais.

Para a divulgação da atual novela das sete, Ti-ti-ti, decidiu-se então uma estratégia diferente, usando a internet, principalmente através das redes sociais.

É óbvio que toda a trama pode ser acompanhada somente pela tv e em nada lembra uma empreitada ao estilo Matrix, onde a compreensão completa do enredo dependia, não somente dos três longa-metragens, mas também da internet, de uma animação, de uma história em quadrinhos e até mesmo de um jogo de videogame. Mas isso não tira os méritos da ideia.

Esclarecendo, o roteiro da novela consiste, principalmente, na disputa entre dois estilistas ascendentes do circuito fashion paulistano. Um deles é Jacques Leclair (Alexandre Borges), estilista com pouco talento, mas que conta com a ajuda de Jaqueline (Cláudia Raia), essa sim uma consultora de moda com grandes ideias. O outro é Victor Valentim, estilista espanhol que, na verdade, é um personagem criado por Ariclenes Martins (Murilo Benício), um oportunista inconsequente e de bom coração que descobriu nos modelos confeccionados por uma idosa desmemoriada a fonte de inspiração para “suas” criações.

victor

O uso da internet na divulgação surge com o fato de que tanto Jacques Leclair como Victor Valentim possuem perfis de verdade no Twitter (respectivamente @jacquesleclair_ e @victorvalentim_), com postagens diárias e frequentes. Obviamente, não são os respectivos atores que gastam os dedos no teclado, mas as postagens são sempre divertidas e relacionadas ao enredo, aumentando a curiosidade do telespectador. Se a ideia não parece agora grande coisa, basta que se pergunte: por que ninguém havia pensado nisso antes? Há vários exemplos de atores e apresentadores que têm conseguido aumentar sua popularidade através do microblog. Então por que não poderia ser feito algo assim com personagens fictícios? Se até Nair Bello e Mussum possuem perfis no Twitter…

O resultado de tudo isso foi uma considerável elevação dos níveis de audiência. Enquanto as duas últimas novelas do horário giravam em torno de 25 pontos, Ti-ti-ti emplaca diariamente mais de 30, normalmente 32 (a maior audiência de novelas das sete na década foi de ‘Da Cor do Pecado’ de 2004 com absurdos 45 pontos, feito que muito provavelmente jamais será repetido).

Curioso que Ti-ti-ti é uma refilmagem da novela escrita por Cássio Gabus Mendes e exibida em 1985, mas houve uma grande preocupação em conferir um aspecto moderno à história. Por isso a internet está constantemente presente no desenrolar dos acontecimentos. Por exemplo, na semana passada, em um dos episódios, o casamento de um dos protagonistas quase subiu no telhado porque haviam sido postadas fotos, em um blog de celebridades, da noiva frequentando uma despedida de solteiro em um clube de mulheres. Também é comum ver personagens com laptops, netbooks, smartphones e outros apetrechos tecnológicos, o que confere à novela uma atmosfera mais atual. Nada de batom Boka-Loka (a grande jogada de marketing da versão original).

Outro aspecto que envolve intimamente a web na trama é o fato de uma das filhas de Jacques Leclair possuir a identidade secreta de Beatrice M., uma blogueira cujos comentários influenciam diretamente o mundo fashion. Trata-se da impagável personagem vivida pela pequena Clara Tiezzi, de longe a grande revelação da novela.

Na história, a fama de Victor Valentim também foi ajudada pela internet, com falsas informações a seu respeito plantadas estrategicamente em sites de moda e comentários de blogs. E por falar em blog, a fictícia revista de moda que faz parte da história (Revista Moda Brasil) também possui, não somente um blog, mas um perfil verdadeiro no Twitter. Os dois estilistas principais também possuem blogs agregados à página principal da novela, mas as atualização são escassas e não valem tanto a visita.

jacques

Ti-ti-ti é a primeira novela da emissora que aposta em uma base de divulgação na internet, principalmente em redes sociais. É certo que o último Big Brother contou com as twitadas dos participantes, recheadas de erros de ortografia. A diferença é que lá os participantes são pessoas reais. Alguns deles, inclusive, já tinham o hábito de usar o Twitter, como Tessália, que já contava com considerável número de seguidores. Não foi algo criado para promover a audiência. Apenas foi liberado o acesso dos participantes ao microblog. Com Ti-ti-ti a coisa é diferente. A base do roteiro já existia, graças à novela de 1985. Os personagens é que foram sendo inseridos paulatinamente nas redes sociais e na blogosfera.

Faltou apenas uma interatividade maior.

Ainda que os protagonistas costumem responder a muitas mensagens de seguidores no Twitter, os blogs poderiam ter atualizações mais frequentes. Também poderiam ser exploradas outras redes sociais, como o Facebook, que é uma rede que faz tanto sucesso quanto o Twitter e conta com ótimos sistemas de divulgação, como o onipresente botão “curtir”. Ainda assim, a estratégia faz com que Ti-ti-ti seja bastante conhecida, principalmente pelo público mais jovem, que não conheceu a novela original. Essa é uma tendência e será uma prática recorrente nas próximas obras de ficção.

Ti-ti-ti provavelmente não será um marco na teledramaturgia brasileira pelos níveis de audiência. Mas já conseguiu, juntamente com a versão original, colocar dois nomes no mundo da moda: Victor Valentim e Jaques Leclair. E não apenas virtualmente.

POR ANDRÉ MORAES (WWW.TWITTER.COM/AAFMORAES)

Todas as imagens foram extraídas do site da novela em http://tititi.globo.com

 

 

7 Comentários

Arquivado em Análises, Blogs, twitter