Arquivo da categoria: orkut

As Redes Sociais e a Terceira Idade

MF_9682 Normalmente associadas ao público jovem, as redes sociais têm conquistado, dia após dia, um número cada vez maior de adeptos com mais de 60 anos de idade. Os objetivos variam, mas a maioria das pessoas dessa faixa etária procura nos sites de relacionamento a diminuição da distância com relação a parentes, amigos e conhecidos. É possível estar mais perto de um filho que se mudou para longe, além de manter contato com pessoas que há muito tempo não se tinha notícias.

Atualmente, 4% dos usuários brasileiros do Facebook possuem mais de 55 anos de idade. Pode não parecer muito, mas isso corresponde a mais de um milhão e meio de pessoas. E levando-se em consideração que é um ambiente com muito mais atrativos para os jovens, os números não podem ser desprezados. Isso sem mencionar outros sites de relacionamentos. Nos Estados Unidos, país com maior número de inscritos no Facebook, esse percentual sobe para impressionantes 13%. E continua crescendo. A faixa etária com mais de 65 anos foi a única que teve um aumento considerável naquele país nos últimos 2 meses. Os dados são do site Socialbakers.

O fenômeno é relativamente recente no Brasil e por isso não refletiu no Orkut, que já foi a rede social mais popular do país. E como a intenção principal costuma ser manter contato com pessoas conhecidas e parentes, o Twitter, por limitar o tamanho das mensagens, acaba não agradando tanto.

Contudo, o que mais dificulta a utilização das redes sociais por pessoas dessa faixa etária ainda é o manuseio dos recursos do site, cada vez mais complexos. “Ainda não me entrosei bem nas redes sociais” – reconhece Dona Yara Sposatti (73), moradora de São Paulo do bairro Palmas do Tremembé – “Creio que poderiam ser mais simples”. Dona Yara tem razão. O Facebook está em constante mudança, o que acaba dificultando a utilização de pessoas com mais idade. A rede social era muito mais simples há alguns anos atrás, assim como a maioria dos sites também era. Com o Orkut aconteceu o mesmo. Apesar disso, Dona Yara vê muitas vantagens na utilização das redes sociais: “Através do Orkut tive a oportunidade de reencontrar parentes e amigas que não tinha notícias há mais de 20 anos”, comemora.

E isso é mesmo algo que definitivamente não tem preço.

Para ajudar as pessoas da terceira idade a lidar melhor com os recursos das redes sociais, existem cursos visando exatamente essa finalidade. A Visarte (Rua Prof. Pedro Pedreschi, 346, Tremembé), por exemplo, é uma associação sem fins lucrativos que possui um curso de informática voltado para pessoas com mais de 50 anos e que têm interesse em ingressar nesse mundo novo e fascinante. O curso já conta com cerca de 90 alunos, a maioria de pessoas da terceira idade.

IMG_6777

Andréa Schaidt, responsável pela entidade, afirma que as maiores dificuldades dessas pessoas estão no fato de se sentirem socialmente excluídas e com baixa auto-estima. Há também aqueles que precisam de maior atenção em razão da saúde, principalmente com problemas na audição e visão. Por esse motivo, a entidade realizou no ano passado campanhas com oftalmologistas para tentar amenizar as dificuldades e possui planos de que a ideia se repita em 2012. De tudo isso surge a certeza de que o trabalho compensa. “Eu pessoalmente já presenciei alunos se emocionando depois de conseguirem mandar um e-mail ou visitar o perfil de um ente querido em redes sociais”, afirma Andréa. “É um trabalho gratificante o de conectar esse público ao mundo digital. E o que fazemos aqui na Visarte é desfrutarmos juntos desse processo”.

Mas as dificuldades, ainda que comuns, não são uma regra. Dona Rosa Bernardino Galvão (73), de Ribeirão Preto, acessa diariamente o Facebook e para ela não há o que ser modificado na rede social. “A minha nota é dez”, afirma. E vai mais longe: “Gostaria de ter 20 anos menos para fazer uma faculdade de Ciências da Computação. Como gostaria!”.

De qualquer forma, essa mudança no perfil das redes sociais só serve para engrandecer ainda mais a internet. Se existem dificuldades, existe também a convicção de que serão rapidamente superadas. Afinal de contas, uma coisa que essa turma sabe tirar de letra é vencer desafios. E os mais novos também têm muito a aprender com isso.

POR ANDRÉ MORAES

 

Deixe um comentário

Arquivado em Análises, Facebook, Mundo, orkut

Você Já Viu Esse Filme – As Novas Mudanças do Orkut

Parece filme repetido, mas vai acontecer de novo.

Dentro de algumas semanas o Orkut sofrerá alterações, afirmou o blog oficial da rede, sempre buscando uma maior interação entre os usuários. Não será tão drástica quanto a última, onde todo o layout foi refeito, mas serão consideráveis.

A primeira delas envolve uma foto maior nos perfis dos usuários, algo que até hoje eu não entendo porquê não foi feito em nenhuma rede social. Imagine como seria interessante um perfil com uma foto realmente grande e de ótima resolução. Por isso a ideia é bem-vinda, embora provavelmente não seja uma imagem tão grande quanto a que eu gostaria.

Já o menu principal passará a ser do lado esquerdo da página – como era na versão antiga – e não mais em cima, onde ficarão apenas alguns botões básicos. Do lado direito continuará o painel de publicidade, um mal necessário.

orkut_3col_themes_pt

Já uma mudança nitidamente inspirada no Facebook será a nova visualização das fotos, que passará a ser em tela cheia e com fundo escuro. O problema é que na rede de Mark Zuckerberg essa alteração não foi bem aceita, gerando uma avalanche de mensagens de indignação, o que deve acontecer também no Orkut. Porém, pela prévia abaixo, é possível perceber que haverão miniaturas que facilitarão a navegação no álbum, algo que não existe no Facebook, onde é preciso sair da visualização para se escolher a foto que se quer ampliar, o que é extremamente irritante.

orkut_3col_largephoto_pt

Tudo indica também que a variedade de temas será ampliada. Também permanecerão os “selos”, uma recente e ótima sacada do Google para estimular as atividades na rede. São uma espécie de “medalhas” ou “certificados” para os usuários mais ativos, como por exemplo aqueles que promovem mais eventos ou que recebem maior número de comentários quanto aos conteúdos publicados. Seria interessante que algumas características antigas do Orkut também retornassem, como o número de amigos junto ao avatar.

E para conferir as mudanças não será necessário convite, como aconteceu com a passagem da versão antiga para a atual. Mas as alterações serão feitas de maneira gradativa, embora não se saiba o critério usado.

Resta agora saber se esse filme vai agradar. As outras alterações não foram muito populares. Mas o que não pode é o Orkut ficar parado olhando o Facebook crescer sob seus domínios. Por isso as inovações são bem-vindas, já que demonstram que o Google continua empenhado em revitalizar a rede social mais popular do Brasil.

É um bom sinal.

POR ANDRÉ MORAES (WWW.TWITTER.COM/AAFMORAES)

Deixe um comentário

Arquivado em Novas, orkut

Bankerfix – Um Antivírus Social

IMG_0568

Essa dica não é nova, mas pouca gente sabe. Trata-se de um problema bastante recorrente.

Você já deve ter recebido e-mail de algum amigo pedindo para clicar em algum link para baixar fotos, sendo que o remetente nem mesmo teve conhecimento da mensagem enviada.

Geralmente isso acontece porque o computador está infectado com um tipo de vírus (malware) que envia esse tipo de mensagem antes mesmo que o titular da conta tenha pensado em acessar a caixa de e-mails. Na grande maioria das vezes envolve usuários do Hotmail. Também é muito comum o envio involuntário de mensagens estranhas para todos os contatos do MSN ou mesmo scraps pelo Orkut, sempre com um link bastante convidativo. E mesmo que o dono do computador infectado faça varreduras com o mais moderno e atualizado antivírus, os sintomas persistem. Muita gente, aliás, resolve formatar o computador para resolver o problema, o que acaba sendo a mais drástica – e muitas vezes desnecessária – das soluções.

Esse tipo de vírus é muito comum no Brasil, por alguns motivos. Muitos deles visam acessar dados bancários no computador de quem acessa os links maliciosos (bankers). Por isso são desenvolvidos por brasileiros para acessar contas de brasileiros. Outro motivo é que muitos desses malwares são disseminados pelo Orkut, a rede social mais popular do Brasil. É exatamente por isso que a maioria dos antivírus, mesmo consagrados, acabam não conseguindo detectar essas ameaças. E mesmo que o malware não tenha êxito em obter os dados bancários do internauta, sempre gera algum constrangimento, pois muitas vezes as mensagens enviadas envolvem fotos pornográficas e podem ser entregues a pessoas cujo contato exige uma formalidade maior, como um chefe ou o pai da noiva.

Problema brasileiro, solução idem. A equipe do site Linha Defensiva resolveu criar um programa bastante eficiente para esses casos. Chama-se Bankerfix. É um programa bastante simples e pode ser baixado aqui. As instruções estão no próprio site do Linha Defensiva, que é de bastante confiança. Acaba sendo uma espécie de antivírus social, já que cuida de malwares que se espalham somente por programas de comunicação e sites de relacionamento.

Espero que jamais precise dele. Mas se precisar, então a dica está dada. Aproveite também para conferir os artigos do Linha Defensiva, sempre voltados para a segurança online e bastante úteis.

POR ANDRÉ MORAES (WWW.TWITTER.COM/AAFMORAES)

Deixe um comentário

Arquivado em dicas, orkut, Utilitários

O Que Mais Dá Saudades nas Versões Antigas do Orkut

JailOrkut A popularidade do Orkut ainda é muito alta no Brasil. Mas muitas pessoas só conheceram a versão atual da rede social, com recursos muito diferentes daqueles de seus primórdios, que fizeram a sua fama. Há ainda quem diga que foi a partir dessas mudanças que o Orkut perdeu totalmente a graça. Verdade ou não, segue uma lista do que mais deixou saudades nas versões antigas da rede social do Google:

1) Cadeia

Você pode nem acreditar, mas o Orkut tinha uma cadeia virtual. Qualquer usuário poderia mandar o outro para a solitária, o que o impedia de navegar no site por aproximadamente 3 dias. Tinha gente que nem conseguia mais entrar no Orkut de tanto que caía no xilindró. Quando isso acontecia, era preciso enviar um pedido à administração do site para liberação. Absurdo? Pode até ser. Mas era muito engraçado, ainda que parecesse uma espécie de ‘bullying’ virtual. Claro que foi desabilitado devido ao abuso do recurso, que originalmente servia para o internauta se livrar de quem mais o aborrecia ou de algum perfil falso. Mas não deixa de ser uma ideia bem original, algo que o Facebook jamais teve (e nem deve ter imaginado ter). A imagem no topo do post era a mostrada quando alguém estava, digamos, detido.

2) Donuts

No início, o Orkut era muito lento. Demorava demais para carregar perfis e fotos. Uma tristeza. Pior, tudo em tempos de predominância da conexão discada. Como se isso não bastasse, quando o sistema ficava sobrecarregado o internauta recebia a seguinte mensagem: "Bad, bad server. No donut for you". Era mais ou menos como a famosa Fail Whale do Twitter. Tudo bem, a lentidão não deixa saudades, mas uma mensagenzinha amigável como essa seria bem legal. Claro que na época ninguém gostava, mas os saudosistas sentem falta, pelo mesmo motivo que a Fail Whale do Twitter tornou-se um clássico.

Donnut

3) Convites

O Google até hoje tem essa mania. Sempre que lança um site novo condiciona o acesso a convites. Com o Google Wave foi assim também. Depender de convites para fazer parte de uma rede social é um porre, mas garantia um ar de exclusividade. Falso, mas garantia. O Orkut virou a verdadeira casa da mãe Joana quando o Google aumentou o número de convites para 50 por usuário. Depois para 100. O resultado? Chegou um momento em que havia mais gente com convites do que os procurando. Isso acabou obrigando o Google e suspendê-los.

4) Orkut em inglês

Vários termos usado no Orkut até hoje vêm de quando o site era em inglês. "Scrap", "testimonial", "reply"… Claro que é muito mais fácil e prazeroso usar o Orkut em português, mas em razão disso a média de idade no Orkut caiu demais. A maioria das pessoas não é habituada a ler instruções em inglês, mas os adultos se dispõem mais a arriscar do que crianças. Muitos adultos perderam o interesse no Orkut, pois as discussões não mais lhe interessavam, motivo pelo qual muitos preferem tentar a sorte no Facebook, que possui média de idade dos usuários mais alta e, consequentemente, assuntos mais interessantes.

5) Número de amigos

A modificação mais irritante do Orkut, na minha opinião, foi a retirada do número de amigos ao lado do nome. Até pouco tempo atrás, antes da última reformulação, o Orkut disponibilizava o número de amigos que cada pessoa tinha, bem ao lado do primeiro nome e logo abaixo do avatar. E não apenas no perfil principal, mas nos recados e depoimentos deixados, além de comunidades que se participava. Pode não parecer, mas isso gerava uma competição enorme para não ficar atrás no número de contatos (ainda que a maioria deles fosse de meros conhecidos ou nem isso). A comparação era constante e as pessoas percebiam quando, pelo menos na rede, não eram muito sociáveis. Isso resultava uma busca parecida com a de seguidores no Twitter, ou seja, extremamente saudável. Com a retirada desse número, perdeu-se muito a vontade de se aumentar os contatos, já que isso não faz mais qualquer diferença. Uma pena!

Número de Amigos

6) Privacidade

Quem já não escutou conselhos de segurança, tais como não disponibilizar muitas informações pessoais ou evitar colocar fotos de familiares nos álbuns. Isso tudo surgiu na época em que o Orkut tinha muito pouca privacidade. Os recados eram abertos a todos, assim como as fotos. Além disso, todas as informações do perfil eram mostradas, seguindo a linha de que "quem-está-na-chuva-é-para-se-molhar". Somente após muita reclamação dos usuários (e algumas ações judiciais) o Google passou a restringir o acesso a algumas informações pessoais. Hoje quase nada pode ser acessado por pessoas que não estejam na lista de contatos. Obviamente, isso tirou muito a graça de se navegar no Orkut, pois não era preciso ser amigo de alguém para ver suas fotos, recados e perfil. Perigoso? Mais que isso, era um Deus-nos-acuda. Divertido? Também.

7) Simplicidade

Tentando acompanhar a evolução do Facebook, o Orkut deixou de ser um site simples. Não tinha aplicativos nem muitos modos de formatar os scraps. Nem mesmo era possível colocar fotos anexadas aos recados. Para se colocar cor na fonte da letra, acredite, era preciso inserir códigos HTML, ainda que simples. Toda evolução é bem vinda, inclusive tais recursos. O problema é que o Orkut tornou-se um site muito cheio de adereços e ornamentos, o que agrada adolescentes, mas cansa o visual depois de algum tempo de navegação. O visual clean era muito mais amigável, o que não impediria que os recursos citados fossem disponibilizados. A prova disso é que optando-se pela versão antiga – o que ainda é possível ser feito – todos esses recursos continuam ativos. E assim como aconteceu com o novo Twitter, as versões mais antigas do Orkut eram muito mais leves, o que faz diferença nos computadores mais modestos.

8 ) Botões Sexy, Confiável e Legal

Esse recurso ainda está disponível, mas somente quando se acessa a opção de "versão antiga" do Orkut. Realmente, foi um tiro n´água do Google ter tirado os botões "Sexy", "Confiável" e "Legal" dos perfis. Deviam, na verdade, tê-los aprimorado. Era possível atribuir notas às qualidades das pessoas. As notas partiam de zero a três ícones: corações no caso de a pessoa ser sexy, cubos de gelo no caso de a pessoa ser legal e "smiles" no caso de ser confiável. As notas eram anônimas, ou seja, não traziam qualquer constrangimento para quem as dava e muito menos para quem as recebia. O problema é que o sistema não era muito preciso, com quase todo usuário tendo mais de 60% de avaliação positiva. Precisaria de uma adequação, é verdade. Mas era muito divertido.

Botões Cool

9) Destinatário de Recados

Essa modificação é recente. E horrível. Agora é possível enviar recados a todos os contatos ou, pelo menos a mais de um. Isso só serviu para aumentar a quantidade de propaganda no Orkut. Como se não bastasse a quantidade de ‘spam’ que todos recebem por e-mail e o famigerado botão "promova", que pretende divulgar boas ideias, mas só consegue apresentar roubadas.  Não, obrigado.

10) Estrangeiros

Esse é um dos motivos pelos quais o Facebook tem crescido. O Orkut praticamente deixou de ser uma rede internacional. A enorme maioria dos membros é brasileira, o que não acontecia há alguns anos. E em um mundo globalizado uma das coisas mais interessantes é interagir com pessoas que moram no exterior, brasileiros ou não. Para se ter uma ideia, hoje o Brasil representa 50,6% dos usuários, enquanto que o número era praticamente igual ao dos usuários americanos, hoje na 3ª posição com parcos 17,78%.Estatística Orkut

Resumo da história. Conhece aquele ditado que diz que "time que está ganhando não se muda"? O Google não.

POR ANDRÉ MORAES (@AAFMORAES)

1 comentário

Arquivado em Análises, orkut

Íntegra da Entrevista de Ivete Sangalo no Orkut

Realmente foi uma bola dentro do Google a entrevista ao vivo de Ivete Sangalo ontem (14) no cambaleante Orkut.

Muitas pessoas têm procurado a íntegra da transmissão, já que não houve muita divulgação prévia. Por isso, resolvi disponibilizar aqui o link direto para o Youtube, onde estão armazenados os vídeos.

Confira:

POR ANDRÉ MORAES (@AAFMORAES)

Deixe um comentário

Arquivado em orkut, videos

A Luta por Seu Voto

mzacha_P5030143 

Parecia que estas seriam eleições calmas, como de fato foram até o primeiro turno. Porém, tudo mudou quando a disputa ficou restrita a Serra e Dilma pelos votos dos eleitores no segundo turno. O tucano, que antes mantinha uma política de pouco enfrentamento, mudou radicalmente a estratégia de campanha. Se antes José Serra preocupava-se em não ir contra a grande popularidade do Presidente Lula, tentando passar uma ideia de continuidade dos projetos federais, agora procura vincular a candidata do governo aos escândalos que seu partido se envolveu no passado e à sua pouca experiência administrativa. Parece ter funcionado: a diferença folgada de Dilma nas pesquisas está bem próxima de um empate técnico, o que significa que ainda há muito a ser feito pela oposição, até porque basta um voto a mais no segundo turno para se consagrar um presidente.

Dilma, por sua vez, que no primeiro turno havia tentado vincular sua imagem à do presidente, tem procurado comparar os números da gestão de seu padrinho político com os de Fernando Henrique Cardoso (do PSDB) quando presidente. Além disso, tem buscado passar a ideia aos eleitores de que o governo de Lula foi voltado à diminuição da pobreza enquanto que o de Fernando Henrique teria privilegiado os ricos. É uma estratégia perigosa, pois queira ou não, foi Fernando Henrique quem acabou com a inflação que assolava o país. A classe média tem até hoje profunda admiração do ex-presidente e a estratégia pode não ser bem vista, principalmente no Sul e Sudeste do país.

Serra e Lula

Mas o que essa disputa tem a ver com a rede?

Bem, a militância política está agora em uma nova era. Quem não recebeu algum e-mail apócrifo nos últimos meses defendendo ou atacando algum dos candidatos? É uma disputa válida. O problema maior são as informações desencontradas. São inúmeros os e-mails com afirmações pouco confiáveis e sem identificação de autoria. O mesmo acontece nas comunidades no Orkut e no Facebook. Ali há pouco lugar para discussões ponderadas e com argumentos consistentes. O resultado é que a conversa acaba descambando para xingamentos e ofensas entre os partidários de cada candidato, mais ou menos como quando se discute futebol. Muita emoção e pouca razão.

A internet é um ótimo mecanismo para se obter informações sobre os candidatos. Sua importância maior foi no primeiro turno, pois os candidatos ao Legislativo naturalmente possuem menos visibilidade nos meios de comunicação do que aos de cargos do Executivo. Isso não tira sua relevância na fase final, mas é preciso que a procura seja feita de maneira criteriosa. Editoriais de jornais são ótimas fontes, mas não se pode ficar restrito a um periódico, pois costumam ter uma linha ideológica a favor das idéias de apenas um dos candidatos. Um caso emblemático foi o comunicado do jornal Estado de São Paulo assumindo a posição de sua linha editorial pró Serra (que pode ser conferido aqui). É preciso que se leve em consideração vários pontos de vista e que se tenha opinião própria, não se deixando levar pelos argumentos cegos.

E isso nem sempre é de fácil percepção.

Dilma

Por experiência própria sei que blogs são facilmente criados e hoje são mais facilmente encontrados do que manchas de óleo no litoral da Louisiana. E foi justamente na blogosfera que a disputa tornou-se mais acirrada. Um exemplo foi quando o blog da Dilma, no primeiro turno, publicou uma charge contra a candidata Marina Silva (a grande surpresa dessas eleições), chamando-a de “laranja verde”. Como a candidata do PV conseguiu uma votação extraordinária, mas insuficiente para o segundo turno, Serra e Dilma passaram a disputar o voto de seus eleitores. Obviamente, a charge foi retirada pela equipe de Dilma, mas nunca é tão rápida quanto o botão “printscreen” e hoje é frequentemente repassada pelos eleitores de Serra por e-mail (a charge pode ser conferida aqui). Por outro lado, há blogs de jornalistas conhecidos, como Paulo Henrique Amorim, que são nitidamente a favor da candidata petista. O blog de Arnaldo Jabor, ao contrário, é visivelmente contra.

Com tanta facilidade de repasse de informação não há como evitar o surgimento de boatos infundados. Até hoje é fácil ver pessoas afirmando que se Dilma vencer o país se tornará uma ditadura como a cubana. Ou que se Serra vencer a Zona Franca de Manaus será extinta. Tudo bobagem. Também há jogos sujos dentro das campanhas: a militância de Dilma insiste em jogar a responsabilidade dos pedágios paulistas para Serra como se as rodovias federais, com recordes de mortes em acidentes, fossem belos exemplos de manutenção. Também insiste em levantar os números positivos da telefonia, quando isso somente aconteceu em razão da privatização ocorrida no governo do PSDB. Já do lado tucano insiste-se no fato de Dilma ter sido terrorista, mas se esquece que na época da ditadura o governo militar era muito mais cruel do que qualquer grupo guerrilheiro. Fernando Gabeira, por exemplo, também era um radical, mas nunca é citado. 

A verdade é que a análise das fontes na internet tem que ser feita de forma objetiva e ponderada, levando-se em conta a biografia oficial dos candidatos e os fatos concretos. Também é preciso avaliar os aliados e as propostas apresentadas, desde que viáveis, sendo as mais urgentes a reforma política, a reforma tributária e a diminuição das diferenças sociais, principalmente através de emprego e educação.

Particularmente sou contra o voto obrigatório. Mas se todos temos que votar, então que o façamos da melhor forma. Conscientemente.

POR ANDRÉ MORAES (WWW.TWITTER.COM/AAFMORAES)

Deixe um comentário

Arquivado em Análises, Blogs, orkut

Mais Algumas Comunidades Engraçadas do Orkut

Qker_child Curiosamente, o post que mais gera tráfego no blog até hoje é aquele sobre “As Comunidades Mais Engraçadas (e Inúteis) do Orkut”, que eu escrevi no ano passado e pouco divulguei. A maior parte das visitas do blog vem através dele, pelo buscador do Google.

O internauta Willian Richard, de Pato Branco (PR), então resolveu dar uma atualizada no post e recomendou algumas comunidades (que ele faz parte) e que são também muito engraçadas e igualmente inúteis.

Confira:

Seres estranhos me adicionam;
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=37087603

Vamo ri enquanto tem dente;
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=2642007

Sou feio e torto;
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=20437553

Nunca vi Mendigo JAPA!;
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=13592221

Tem dias que tô MUITO sem NOÇÃO!;
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=1009025

Droga, terei que matá-los… ;
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=22208988

Dentista vai ao dentista?;
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=9736543

Seria o Seu Madruga o Bin Laden?;
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=1610502

20 respostas para pergunta idiota;
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=103424257

Toddynho: bebida de rico;
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=18182202

Roubei o pão da casa do João!!!;
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=1654316

Eu nunca fui ministro da comercialização da castanha de caju WITH LASERS !!!
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=5565536

Cabras não têm muitas ambições;
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=8712836

Cansei da Linha do Equador;
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=16474338

Eu Tomo Banho Pelado!! e Você?
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=187262

Se nada der certo viro HIPPIE!
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=476821

PS: Se você usa o Novo Orkut e as comunidades não abrirem diretamente pelo link, basta copiá-lo na barra de endereços do navegador.

POR ANDRÉ MORAES (COM CONTRIBUIÇÃO DE WILLIAN RICHARD)

Deixe um comentário

Arquivado em orkut